Atualidade

A 6.ª edição do Prémio AIDFM-CETERA regressa para homenagear o melhor artigo publicado em 2022 na área cardiovascular. As candidaturas estão abertas até 5 de janeiro de 2023.

Os sistemas de saúde e a investigação sobre o cancro devem tornar-se uma prioridade urgentemente para evitar uma epidemia da doença na Europa na próxima década, defendem especialistas num relatório da revista Lancet Oncology.

O presidente do Colégio de Pediatria da Ordem dos Médicos, o Dr. Jorge Amil Dias, alertou para o facto de o uso de antibióticos poder ser inútil e até prejudicial no tratamento de algumas infeções. O alerta acontece nas vésperas da Semana Mundial de Consciencialização sobre o uso de Antimicrobianos, que decorre de 18 a 24 de novembro, e quando se espera uma maior incidência de infeções dado este ser o primeiro inverno pós-pandemia.

A Sanofi Portugal inaugurou ontem à tarde, 17 de novembro, as suas instalações, no Lagoas Parque, em Oeiras, numa cerimónia que contou com a presença do Dr. Manuel Pizarro, ministro da Saúde,  e de diversas entidades relevantes da área da saúde.

Uma semana intensiva de rastreio às infeções pelo VIH e hepatites virais começa na segunda-feira, 21 de novembro, em unidades móveis e organizações por todo o país e na Europa, anunciou o Grupo de Ativistas em Tratamentos (GAT). A iniciativa termina na segunda-feira seguinte, 28 de novembro. 

Nos dias 18 e 19 de novembro, a cidade de Lisboa recebe as I Jornadas Ibéricas de Neurorreabilitação, que junta médicos fisiatras portugueses e espanhóis.

O Centro Hospitalar Universitário de Coimbra (CHUC) anuncia que o primeiro transplante cardíaco efetuado, na região centro, em doente portador de dispositivo de assistência ventricular (DAV) de longa duração foi “um sucesso”.

"O tema está na agenda: reter os profissionais no SNS é preciso para termos um sistema melhor para todos. Um sistema onde somos atendidos." Este será um dos pontos em debate na Conferência do Health Cluster Portugal, que irá decorrer já no próximo dia 23 de novembro, quarta-feira, na Faculdade de Medicina Dentária, em Lisboa.

O Prémio MSD Investigação em Saúde 2022 foi entregue ao projeto “Acuidade diagnóstica da ecografia digital pulmonar de bolso para definição etiológica e vigilância de complicações de pneumonia em crianças internadas”, um trabalho desenvolvido pelo Centro Materno Infantil do Norte, do Centro Hospitalar Universitário do Porto. O estudo vencedor desta 4.ª edição visa testar a utilização de uma tecnologia inovadora numa das causas mais prevalentes de internamento em idade pediátrica: a pneumonia.

No âmbito do projeto Identifying and Predicting Emergency Admissions, financiado pela FCT e coordenado pelo Nova SBE Health Economics & Management Knowledge Center, será apresentado, numa sessão pública aberta a discussão, o trabalho "Sistema de monitorização de doenças respiratórias transmissíveis", amanhã 17 de novembro, às 18h00, na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa.

Publicações