Acordo entre GSK e Comissão Europeia garante fornecimento de vacinas contra a gripe pandémica

05/08/22
Acordo entre GSK e Comissão Europeia garante fornecimento de vacinas contra a gripe pandémica

A GSK assinou um contrato-quadro com a Autoridade para a Preparação e Resposta a Emergências Sanitárias (HERA), da Comissão Europeia (CE), para a reserva de produção e fornecimento futuro de 85 milhões de doses da sua vacina contra a gripe pandémica.

Uma gripe pandémica é uma epidemia global causada por uma nova estirpe de gripe para a qual existe pouca ou nenhuma imunidade na população humana. São impossíveis de prever e podem ser ligeiras ou causar doença grave e, mesmo, a morte.

"Estamos muito entusiasmados com o facto da HERA ter escolhido a GSK como parceiro principal na preparação para uma gripe pandémica. Este contrato segue-se a três outros acordos recentes da GSK, com as autoridades dos EUA, Canadá e com a OMS. São oportunidades para alavancar a rede mundial de produção de vacinas da GSK e continuar as nossas parcerias de longo prazo em matéria de preparação e resposta a pandemias. Todos vimos as consequências humanas, económicas e sociais devastadoras de uma pandemia e o importante papel que as vacinas estão a desempenhar para nos ajudar a regressar à vida normal. Através deste acordo, podemos ajudar a UE e os países europeus, bem como outras regiões, a estarem melhor preparados para futuras pandemias", defende o Dr. Roger Connor, President of Vaccines & Global Health da GSK.

A missão da HERA é prevenir, detetar e responder rapidamente a emergências de saúde, através de um trabalho conjunto com outras agências de saúde comunitárias e nacionais, indústria e parceiros internacionais, para melhorar a prontidão da Europa na resposta a emergências de saúde. Este é um dos primeiros contratos assinados pela HERA desde a sua criação, em setembro de 2021. O acordo conclui uma série de contratos garantidos pela GSK este ano, ao abrigo dos quais pode fornecer, pelo menos, 200 milhões de doses da sua vacina contra a gripe pandémica a governos de todo o mundo.

Em fevereiro deste ano, a GSK prorrogou o seu contrato de armazenamento de vacinas contra a gripe pandémica com o governo dos Estados Unidos. Seguiu-se um acordo renovado, em junho, para o fornecimento de vacinas contra a gripe pandémica à Organização Mundial da Saúde (OMS) e, em Julho, um contrato com o governo do Canadá para vacinas contra a gripe sazonal e pandémica.

Partilhar

Publicações